Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Por Redação  |  Categoria: Diário  |  Fonte: Folhamax
Segunda, 09 de Outubro de 2017 - 16:11
A+ A A-

Polêmica

TJ libera "kit gay" em escolas públicas de Primavera do Leste

A lei de iniciativa do legislativo municipal foi sancionada pelo prefeito

O Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), declarou inconstitucional, por vício formal a lei n. 1.624/2016 do município de Primavera do Leste, que estabelecia a proibição da distribuição, exposição e divulgação de material didático contendo orientações sobre a diversidade sexual nos estabelecimentos de ensino da rede pública do município de Primavera, punindo o servidor municipal que descumprisse a proibição com pena de exoneração.

Os desembargadores, por maioria, entenderam que a Câmara de Vereadores jamais poderia criar atribuição a órgão do Poder Executivo (Secretaria Municipal de Educação), tampouco dispor sobre servidores públicos, e respectivo regime jurídico, sob pena de contrariar a Constituição Estadual, que estabelece a harmonia e a independência entre os poderes e atribuem expressamente ao prefeito a iniciativa privativa para propor projetos de lei que tratam desse tema.

A lei de iniciativa do legislativo municipal foi sancionada pelo prefeito, mesmo assim, o pleno entendeu que a sanção do chefe do executivo não convalida o vício de iniciativa, pois a matéria é de ordem pública.

Siga o CanaãBRASIL no Twitter e no Facebook  

LEIA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO

* E-mail:
* Senha:
Seja o primeiro a comentar esta matéria!