Sábado, 21 de Outubro de 2017
Por Redação  |  Categoria: Diário  |  Fonte: CBN News
Terça, 18 de Julho de 2017 - 18:29
A+ A A-

Terror

Meninas canadenses correm risco de mutilação genital

Algumas estão sendo levadas para o exterior contra sua vontade e submetidas ao procedimento conhecido como "vacation cutting".

Milhares de meninas canadenses correm risco de terem as genitálias mutiladas (MGF), disseram funcionários do governo ao Toronto Star .

Algumas estão sendo levadas para o exterior contra sua vontade e submetidas ao procedimento conhecido como "vacation cutting".

Um porta-voz dos Assuntos Globais disse à Star que não poderia dizer quantos casos em que seu ministério lidou nos últimos anos porque eles "não têm uma categoria específica para rastrear casos de (FGM)" e eles não têm estatísticas atualizadas sobre quantas garotas estão em risco.

O funcionário acrescentou que pode ser muito difícil para as vítimas da MGF informar suas próprias famílias devido a ameaças ou receios de que nunca mais possam ver seus pais ou irmãos novamente.

Funcionários dizem que algumas das meninas "foram severamente espancadas e/ou abusadas sexualmente por membros da família antes (FGM), às vezes devido à tentativa da menina de entrar em contato com as autoridades para obter assistência".

A FGM é praticada em 29 países, principalmente na África, Oriente Médio e Ásia.

O Islam ensina que "a circuncisão é obrigatória" para homens e mulheres e, no caso das mulheres, geralmente significa remoção total ou parcial do clitoris.

Ahmad Ibn Hanbal 5:75 diz: "A circuncisão é uma lei para os homens e uma preservação da honra para as mulheres".

Um médico do Michigan foi recentemente acusado de realizar FGM em até 100 jovens .

Com informaçções CBN News

Siga o CanaãBRASIL no Twitter e no Facebook  

LEIA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO

* E-mail:
* Senha:
Seja o primeiro a comentar esta matéria!