Sábado, 21 de Outubro de 2017
Por Redação  |  Categoria: Política  |  Fonte: Conservadorismo do Brasil
Domingo, 09 de Julho de 2017 - 17:48
A+ A A-

Crise imigratória

Alemanha criou a crise imigratória, ela que arque com as consequências

Jaroslaw Kaczynski, presidente do Partido Lei e Justiça (PiS), diz que foi a decisão da Alemanha abrir as fronteiras da Europa, não a da Polônia

Jarosław Kaczyński, presidente do Partido Lei e Justiça (PiS), diz que foi a decisão da Alemanha abrir as fronteiras da Europa, não a da Polônia. E por isso os poloneses não deveriam pagar pelos erros do vizinho.

“Não abrimos a Europa para os refugiados – Merkel sim”, disse o veterano conservador à emissora pública TVP Info. “Merkel e a Alemanha que têm de suportar as consequências, não a Polónia”, acrescentou.

No final de 2015, a União Europeia impôs medidas que obrigam os Estados membros a aceitarem uma parcela de 120 mil migrantes no sul da Europa – mais tarde aumentada para 160 mil – apesar da forte oposição da República Checa, Hungria, Romênia e da Eslováquia.

O governo do Partido da Plataforma Cívica (PPC), dirigido pelo atual presidente da Comissão Européia, Donald Tusk, não se opôs às medidas – uma postura que levou à derrota do partido nas eleições parlamentares polonesas semanas depois.

Em resposta aos ataques terroristas de Paris, o Lei e Justiça repudiaram as quotas de migrantes pouco depois.

O ministro dos Assuntos Europeus do partido disse que os ataques pressagiam “a necessidade de uma revisão ainda mais profunda da política europeia para a crise dos migrantes”, e insistiu que a Polónia não tomaria quaisquer migrantes sem “garantias de segurança”.

A UE ameaçou a Polônia com sanções por sua recusa em implementar a decisão de aceitar os imigrantes, mas o ministro do Interior, Mariusz Błaszczak, afirmou que a adesão às demandas do bloco “certamente será muito pior” do que qualquer punição potencial. Błaszczak articulou uma posição extremamente robusta a cerca da crise dos migrantes, declarando que “a política do multiculturalismo na Europa Ocidental está colhendo uma colheita sangrenta sob a forma de ataques terroristas”.

Siga o CanaãBRASIL no Twitter e no Facebook  

LEIA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO

* E-mail:
* Senha:
Seja o primeiro a comentar esta matéria!